Cruzamentos de culturas

Poucas cidades representam uma combinação tão arrebatadora de beleza e conteúdo como Istambul, uma capital grandiosa e expansiva que está entre as verdadeiras grandes cidades do mundo. Aqui temos grandes mesquitas e igrejas, palácios e bazares, museus e locais de beleza natural incomparável e, é claro, o lendário Bósforo que corre do Mar Negro, passando pelo Corno de Ouro e o coração da cidade, até o Mar de Mármara. A parte europeia da Turquia está situada nas margens ocidentais do estreito e a Ásia começa na costa oriental, o que faz de Istambul a única cidade do mundo construída em dois continentes: o que é a própria definição de exótica! No século VI a.C., Bizâncio era uma colônia da antiga cidade grega de Mégara, e só muito mais tarde Constantino, o Grande mudou a sede do Império Romano para cá. Durante mais de um milênio e meio esta metrópole atemporal foi a capital dos impérios. Com o surgimento do Sultão Mehmet, o Conquistador em 1453, Constantinopla tornou-se a sede do Império Otomano, antes de assumir o nome de Istambul com o estabelecimento da República Turca moderna em 1923. Hoje, assim como nas eras de impérios passados, a convergência de culturas e a convivência multirreligiosa encontrada aqui é verdadeiramente extraordinária. Em Istambul, as tradições não só islâmicas como também as cristãs e judaicas se encontram facilmente, com o vibrante mosaico que é a Turquia contemporânea.

Consulte Mais informação

Ver todos os cruzeiros para Istambul

Bósforo e o Corno Dourado

Desta majestosa cidade imperial, cujas áreas históricas foram classificadas como Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1985, o lendário escritor britânico Jan Morris escreveu que “Em todas as viagens europeias não há espetáculo mais grandioso do que a visão de Istambul, maciça ao lado do mar: uma consolidação da história com casas, docas e palácios misturados ao longo da costa, cúpulas poderosas e minaretes imponentes, navios e balsas por todos os lados, trânsito movimentado em pontes fantásticas. Uma metrópole atemporal, familiar aos viajantes há mil anos.” O Corno de Ouro, uma enseada do Bósforo, corre entre o centro comercial de Karaköy e Sarayburnu, ou o antigo promontório de Seraglio Point que abriga o palácio Topkapi, a praça Sultanahmet e muitos monumentos importantes. Em frente ao Corno de Ouro e ao lado de Karaköy está o antigo distrito de Pera, povoado por genoveses e venezianos no século XII e sede da icônica Torre Gálata, construída pelos genoveses. O ornamentado palácio Dolmabahçe, antigamente palácio do Sultão e hoje um museu, está do lado europeu do Bósforo, em uma zona histórica de mansões e elegantes yali, ou casas de madeira de frente para o mar. Uma excursão de barco ao longo do Bósforo é uma ótima maneira de vivenciar esta festa visual. A ponte Boğaziçi Bridge se destaca sobre a Mesquita Ortaköy de estilo neobarroco e se estende por mais de 1.500 metros ao longo do Bósforo.

Palácio Topkapi

Topkapi, no ponto estratégico de Seraglio, é a definição de palácio turco otomano. Sua construção começou na década de 1460, por ordem do Sultão Mehmed II, e foi onde os sultões fixaram a corte. O palácio abriga o Mukaddes Emanetler Dairesi (Câmara das Relíquias Sagradas) onde o Hırka-i Saadet (Manto Abençoado) e a Sancak-ı Şerif (Bandeira Sagrada) do profeta Maomé são mantidos em suas arcas douradas. Entre outros tesouros, há as joias dos sultões, espadas ornamentadas, cálices com pedras preciosas, a adaga de Topkapi incrustada com esmeraldas e um trono com 18.000 pérolas. O palácio também abrigava aposentos janízaros para as tropas otomanas de elite e cerca de 400 quartos que faziam parte do famoso Harém Imperial. Os jardins de Topkapi têm vistas panorâmicas das lendárias águas do Bósforo e do Mar de Mármara.

Santa Sofia e Cisterna de Basílica

Constantino, o primeiro imperador cristão de Roma, ordenou que Santa Sofia fosse construída em 347 d.C. como igreja imperial. Com 50 toneladas de ouro, mármore multicolorido e mais de 170 pilares de outros templos (incluindo os de Atenas e Éfeso), ela foi inaugurada 16 anos depois e destruída duas vezes por incêndios antes de Justiniano, o Grande reconstruí-la em 552. Por mais de mil anos ela foi o centro da Igreja Cristã Ortodoxa Oriental, até que em 1453 Mehmet, o Conquistador converteu em mesquita a estrutura colossal com sua cúpula característica. Em 1935 a Santa Sofia foi novamente transformada, desta vez em um museu, quando muitos dos mosaicos bizantinos originais, como o que retrata a Virgem Maria e o menino Jesus com Constantino e Justiniano ao lado deles, foram fielmente restaurados. A Cisterna de Basílica, com o porte de uma catedral, é uma elaborada rede subterrânea de cisternas construídas por mais de 7.000 escravos no início do período romano para fornecer água ao Grande Palácio (e mais tarde ao palácio Topkapi). Seu espetacular conjunto de tetos abobadados e colunas iluminadas ficam a menos de 150 metros a sudoeste de Santa Sofia.

Praça de Sultanahmet e Mesquita Azul

A praça é o coração da península mais histórica de Istambul e alguns dos melhores exemplos da arquitetura bizantina e otomana estão localizados aqui, incluindo a famosa Mesquita do Sultão Ahmet, ou Mesquita Azul. Concluída em 1616 e a única mesquita do mundo com seis minaretes, tem 138 janelas e recebeu este nome por causa dos belos azulejos azuis que revestem seu interior. Ela abriga a tumba de seu fundador, o Sultão Ahmed. Próximo da Mesquita Azul você pode ver o Obelisco de Teodósio e a antiga Coluna Serpentina de bronze que fica no local do Hipódromo, que era o antigo “circo” ou centro esportivo de Constantinopla. O Arasta Çarşısı, ou Arasta Bazaar, está localizado logo atrás da mesquita e é uma ótima parada para compras de artesanatos exclusivos.

Mesquita Süleymaniye

O arquiteto Otomano Imperial Mimar Sinan deixou sua marca na paisagem urbana de Istambul ao construir mais de 300 estruturas durante o reinado de três sultões, incluindo Suleiman, o Magnífico, que encomendou a Mesquita Süleymaniye em 1550. Sinan concluiu a obra sete anos depois, e a cúpula principal da mesquita, várias cúpulas menores, quatro minaretes imponentes e o interior gracioso fazem dela um dos locais religiosos mais impressionantes de Istambul. A mesquita fica na Terceira Colina de Istambul, a oeste da Praça Sultanahmet, porém ainda dentro das antigas muralhas da cidade.

Grande Bazar e Bazar de Especiarias

O Grande Bazar de Istambul, o Kapalı Çarşı, data de 1461 e junto com o Bazar de Especiarias é um dos pontos mais empolgantes que você vai visitar na cidade. Originalmente o Sultão Mehmet, o Conquistador montou o bazar coberto como forma de gerar renda para a manutenção de Santa Sofia e era um lugar importante para o comércio na época otomana. Hoje você encontrará desde antiguidades até joias, de ouro a lembranças acessíveis e souvenires únicos em mais de 3.000 lojas individuais. De forma similar, o Bazar de Especiarias (também conhecido como Mısır Çarşısı ou Bazar Egípcio) foi construído em 1660 para ajudar na manutenção da nova mesquita. São quase 100 lojas que vendem não só especiarias, frutas secas e nozes, mas também joias, souvenires e, claro, a famosa delícia turca e outros doces tradicionais. Os bazares são festas para os sentidos e uma das experiências mais essenciais e autênticas de Istambul.

Nossos melhores cruzeiros

Começando de
$1019
7 Noites

Saída 16 October 2021

Cruzeiro de 7 noites Passos de São Paulo

Começando de
$729
7 Noites

Saída 4 December 2021

Cruzeiro de 7 noites Três Continentes

Começando de
$729
7 Noites

Saída 23 September 2021

Cruzeiro de 7 noites Egeu Eclético

Começando de
$499
4 Noites

Saída 15 March 2021

Cruzeiro de 4 noites Egeu Icônico

Começando de
$489
3 Noites

Saída 29 October 2021

Cruzeiro de 3 noites Descoberta Icônica

Começando de
$599
4 Noites

Saída 8 November 2021

Cruzeiro de 4 noites Descoberta Icônica

Começando de
$729
7 Noites

Saída 24 April 2021

Cruzeiro de 7 noites Egeu Idílico

Começando de
$489
3 Noites

Saída 24 April 2021

Cruzeiro de 3 noites Egeu Icônico