A “Grande Ilha” da Grécia

Quinta maior ilha do Mediterrâneo e maior ilha da Grécia, a lendária Creta não é só mais uma das ilhas gregas. Suas paisagens e sua gastronomia são incomparáveis, e sua reputação incrível como lar das ruínas minoicas em locais como Cnossos torna esta ilha um destino cultural sem igual. Devido à grandiosidade da ilha, banhada pela parte sul do Mar Egeu, não é tarefa fácil conhecê-la em uma única parada, mas uma visita breve é suficiente para contemplar alguns dos maiores destaques. De Leste a Oeste, a ilha tem aproximadamente 290 km e, embora a distância seja menor de Norte a Sul, o terreno é irregular e montanhoso. Diz a lenda que Zeus, o deus grego mais poderoso da antiguidade, nasceu em uma montanha próximo ao centro da ilha. Paisagens mediterrâneas intocadas podem ser vistas por todos os lados e são permeadas por vilas encantadoras nas montanhas e vilarejos litorâneos acolhedores, tudo carregado de rica herança cultural: Creta foi o berço da civilização europeia na Idade Antiga, além de ter prosperado durante quatro séculos sob o regime veneziano. Terra natal dos artistas El Greco e Nikos Kazantzakis, autor de Zorba, o Grego, a ilha transborda inspiração por toda parte.

Consulte Mais informação

Ver todos os cruzeiros para Creta

Heraklion e Cnossos

As maiores cidades de Creta, entre elas, a capital Heraklion, Rethymno e Chania, estão todas na costa Norte. Heraklion, situado no meio da costa norte da ilha, leva o nome de Herakles – mais conhecido como Hércules. Heraklion era o porto da cidade-palácio minoica de Cnossos, lar do Kastro (Castelo) e do Megalo Kastro (Grande Castelo) na era bizantina, fortaleza árabe conhecida como Chandakas e a próspera Candia na República de Veneza. Os venezianos ergueram as muralhas que ainda contornam o centro da cidade e a fortaleza Rocca al Mare, hoje chamada de Koules, no porto interno de Heraklion. Em frente ao porto, ainda é possível ver uma série de imponentes arcos em pedra, que formavam o estaleiro veneziano. A República de Veneza investiu muito tempo e riqueza para defender Heraklion, que acabou sendo dominada pelos turcos em 1669 e passou a ser chamada de Kandiye.

No coração de Heraklion, na praça Liontaria ou Praça do Leão encontra-se a fonte Morosini. Porém, a maior atração cultural da cidade e sem sombra de dúvida de toda Creta, é o Museu Arqueológico de Heraklion. Nele está a maior coleção de artefatos da civilização minoica, que é a mais antiga da Europa. Você vai ficar maravilhado com o que foi criado pelos habitantes da ilha no período aproximado de 2700 a.C. a 1450 a.C. Dentre os adornos minoicos estão pingentes de abelha feitos de ouro, o Disco de Festo e a magnífica estatueta do touro saltando… Qual desses objetos vai provocar mais sua imaginação? As ruínas do palácio minoico de Cnossos ficam próximas ao centro da cidade, em um imenso sítio da Era do Bronze que engloba centenas de paredes e salas interconectadas, incluindo o que o famoso arqueólogo Sir Arthur Evans chamou de grande sala ou “Sala do Trono”. Com um pouco de imaginação, você consegue visualizar o lendário Rei Minos discursando nesse labirinto que abrigava seu filho – o mítico meio homem, meio touro – conhecido como Minotauro. O sítio também exibe diversos pitos grandes e afrescos multicoloridos, embora muitos dos afrescos originais, como o do “Príncipe dos Lírios”, e o famoso touro saltando estejam hoje abrigados no Museu Arqueológico de Heraklion. Outro sítio arqueológico palaciano minoico ao ar livre fica em Festo, ao sul de Heraklion.

Agios Nikolaos

Na maravilhosa costa leste de Heraklion, em Creta, você encontra as deslumbrantes cidades resort de Hersonissos e Malia, bem como Agios Nikolaos, capital da região de Lassithi. Em frente à azul e ampla Baía de Mirabello fica esta encantadora cidade resort, cujo nome (São Nicolau, em português) refere-se ao santo padroeiro dos marinheiros na Grécia. Ponto turístico da cidade, o redondo Lago Voulismeni, onde acredita-se que a deusa Atena tenha se banhado, deságua no mar. Ao caminhar ao longo da orla pitoresca, não perca a oportunidade de contemplar o moderno Mural do Minotauro. Agios Nikolaos oferece inúmeros tesouros escondidos! Com apelo mais histórico, ao norte da cidade, no Golfo de Elounda, encontramos a ilha de Spinalonga, com seus vários fortes venezianos ainda intactos. O golfo teve um papel importante na revolta de Creta contra os turcos (1866-1869).

Desfiladeiros e belas praias

Embora Creta seja um famoso destino de verão, sua costa montanhosa com relevo extremamente irregular também é um paraíso para os amantes de caminhada. A ilha tem muito mais montanhas e desfiladeiros que áreas abertas e platôs (embora haja alguns) e a ravina mais espetacular é o Desfiladeiro de Samaria, aninhado nas Montanhas Brancas, na costa sul de Creta (região de Chania), e integrante de uma biosfera protegida. A trilha de caminhada de 16 km no desfiladeiro é muito procurada em razão da beleza das paisagens montanhosas e remotas. O percurso começa a uma altitude de mais de 1.200 m e termina no Mar da Líbia. Devido à sua localização mais ao Sul, as praias de Creta têm uma das temporadas de verão mais longas da Europa. Tanto na costa sul como na costa norte, o mar é suficientemente cálido para banho até o mês de outubro.

Excelente gastronomia de Creta

Com 35 milhões de oliveiras e vinícolas que datam de até 1500 a.C., não é de se estranhar que a gastronomia de Creta seja tão especial e deliciosa. Creta produz um terço de todo o azeite da Grécia e 90% de seu azeite extravirgem. A biodiversidade exclusiva da ilha abrange uma infinitude de ervas e verduras típicas.

Segundo o renomado nutricionista grego Stefanos Pertsemlides, “embora a dieta cretense não se diferencie muito da mediterrânea/grega, o que a torna especial é a vasta gama de ingredientes de Creta; algo peculiar, principalmente para uma ilha”. Aliás, o termo “dieta mediterrânea” baseia-se na dieta cretense do início da década de 1950. Segundo o especialista, “foi nessa época que um estudo muito importante revelou que a dieta cretense ajuda na proteção contra o câncer e doenças cardiovasculares”. Você pode presentear seu paladar com a linguiça suína cretense aromatizada com ervas, o souvlaki de frango marinado no iogurte com alho ou o dakos, um tipo de torrada com tomate picado salpicada com queijo fresco e regada no azeite de oliva. A culinária cretense, com seu tradicional meze ou seus pequenos aperitivos, é um verdadeiro deleite gastronômico. Dentre os restaurantes excelentes estão o Ferryman, em Elounda; o Peskesi, em Heraklion e Portes; e o Ta Chalkina, em Chania. Mas até a taverna mais simples de Creta serve pratos tentadores, sobre os quais você certamente vai querer contar para seus amigos e familiares.

Nossos melhores cruzeiros

Começando de
$1019
7 Noites

Sailing: 26 julho 2021

7 Noites Arquipélago Lendário

Começando de
$489
3 Noites

Sailing: 4 agosto 2021

Egeu Idílico – 3 Noites

Começando de
$599
4 Noites

Sailing: 31 julho 2021

Egeo Idílico – 4 Noites

Começando de
$729
7 Noites

Sailing: 31 julho 2021

7 noites de cruzeiro Idílico Egeu

Começando de
$819
3 Noites

Sailing: 30 agosto 2021

Cruzeiro de 3 noites Egeu Icônico

Começando de
$1299
7 Noites

Sailing: 16 outubro 2021

Cruzeiro de 7 noites Passos de São Paulo

Começando de
$1019
7 Noites

Sailing: 20 novembro 2021

Cruzeiro de 7 noites Três Continentes

Começando de
$1299
7 Noites

Sailing: 4 setembro 2021

Cruzeiro de 7 noites Egeu Idílico

Começando de
$1019
7 Noites

Sailing: 23 outubro 2021

Cruzeiro de 7 noites Egeu Eclético

Começando de
$1299

Sailing: 4 setembro 2021

Cruzeiro de 7 noites Egeu Idílico

Começando de
$599
4 Noites

Sailing: 25 outubro 2021

Cruzeiro de 4 noites Descoberta Icônica

Começando de
$599
4 Noites

Sailing: 30 agosto 2021

Cruzeiro de 4 noites Egeu Icônico

Começando de
$489
3 Noites

Sailing: 29 outubro 2021

Cruzeiro de 3 noites Descoberta Icônica